Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alfacinha

alfacinha

14.09.17

Pessoas que me inspiram #3- Andrea Portugal Deveza

mariana
Gosto muito de pessoas. Cada vez mais gosto de me dar a conhecer e de receber delas aquilo que tiverem para dar. Há umas que dão tanto com gestos mais pequenos do que um grão de areia, outras não nos dão nada com gestos mais bruscos do que um camião TIR, outras demoram a dar aquilo que têm guardado nas profundezas do coração. Seja qual for a dádiva que os outros nos escolhem ou não dar, há sempre bons motivos para nós darmos aos outros na medida que quisermos, consoante (...)
24.04.17

Palavras soltas #2 - Desalinhados

mariana
Desalinhados   Gosto de ti, Desalinhado e sem jeito; Com verdade, Imperfeito.   Gosto de ti, Sem truques, Ou magia; Com transparência, És poesia.   Poesia por defeito, Do amor que levo ao peito, Sem ser contrafeito, Do que se dá por inteiro.   Do que se toma o gosto; Por gosto, Sem freio: És o meu contra-meio.   Gosto de ti, Sem paz ou temor; Com esperança, Desenhada com ternura, Desalinhada por Amor.        Como de costume podem sempre seguir as nossas aventuras no instagram (...)
31.03.17

Um mês em fotografia - Março

mariana
Março marçagão, manhãs de inverno tardes de verão.   O provérbio confirmou-se e a maior parte dos dias de Março foram assim, o que permitiu alguns passeios, sobretudo agora que temos uma bengala que cabe no elevador sem precisar de ser desmontada em mil e uma partes.  Mães e pais que estão à espera de bebé aqui fica o aviso: verifiquem as medidas dos vossos elevadores ou correm o risco de precisarem de comer um porco inteiro para sair de casa com os vossas crias.  No meu (...)
29.03.17

Pessoas que me inspiram # 2 - Avô Pedrosa

mariana
Ao meu avô Pedrosa,    Vou tentar te escrever sem te chorar, o que na medida do possível é um tanto ou quanto impossível. Dizer que me inspiras é pouco, ensinaste-me tanto, nas mais variadas formas e feitios que o verbo carrega. Nunca me vou esquecer do que o meu pai, teu genro, me disse quando morreste: "A maior herança que ele te deixa é o que tu tens dele e o que ele te ensinou. Honra isso naquilo que fizeres." Não sei se as palavras foram exactamente estas, mas sei que foi (...)
17.03.17

As expressões do Manel #2 - Pão, Pão, Pão

mariana
Há tentações que são as melhores coisas do mundo. É o caso da manteiga. E é o sério caso de amor que tenho por este bebé e pelas suas expressões deliciosas. Do oito ao oitenta, em meio minuto sequencial de tempo. Porque ainda não fala, mas gosto de imaginar aquilo que diz. E porque ser mãe é tão delicioso como um bocado de pão quente com manteiga. Feliz sexta-feira e um óptimo final de semana a todos!   Hum... Pão. Pão com aquela coisa boa.Que bom! (palminhas (...)
04.03.17

A mãe não tem tempo #1 – O drama dos collants

mariana
Há dramas femininos para os quais ninguém tem paciência.  Há dramas no feminino dos quais as mães deviam ser poupadas.  Não por terem carregado um ser humano durante 9 meses, não por terem rendido o seu corpo esporadicamente como forma de alimento, não por serem verdadeiras rainhas na arte do  multi-tasking,  mas apenas e só porque as mães não têm tempo para lidar com irritações quotidianas, ou têm menos disponibilidade do que quem não tem um pedaço de gente a (...)
01.03.17

Um mês em fotografia - Fevereiro

mariana
Fevereiro, pequenino como sempre, passou a correr. Mas com ele vieram muitas novidades e gracinhas do Manel, sendo que no ínicio do mês ainda precisava de ajuda para se por em pé e agora já o faz sozinho e aguenta-se uns segundos em modo de equilibrista.  Começou também a fase das gracinhas e da contradição pura e se já tinha um filho com um feitio vincado agora sou mãe de um bebé muito teimoso e dono do seu nariz.  Dizem que é uma fase, há que ter paciência e tentar gerir (...)
10.02.17

É sexta-feira, trabalhei a semana inteira!

mariana
Hoje seria dia de publicar um DIY, mas a falta de tempo levou-me a reescalonar os posts do blog. Gosto de manter uma certa coerência naquilo que aqui apresento e gostaria de colocar dois DIY por semana. Mas, a vida não é perfeita e às vezes temos de reorganizar as coisas porque o mais importante é mesmo sorrir e aproveitar todos os momentos com alegria. Hoje não há DIY, mas amanhã se tudo correr bem vai cá estar à vossa disposição. Talvez haja outro no domingo, como se de um (...)