Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

alfacinha

alfacinha

Instantaneamente #5 - Simone Veil

7eeab8dd78db44dc33618b3c53253527.jpg

 

Vivemos num mundo e numa Europa aonde ainda há tanto por mudar, tanto por fazer e outro quanto por recuperar.

É bom relembrar as que lutaram, com o esforço e dedicação de quem quase tudo perdeu, e ter em mente que as batalhas não são mesmas. Não são as mesmas, mas devem ser travadas com o mesmo espírito e vontade. Seja enquanto se mudam fraldas ou se gere uma multinacional.

Há que lutar pela igualdade de género e há que honrar os direitos que foram conquistados. Tendo sempre em mente, que não somos melhores, mas sim iguais e tão diferentes ao mesmo tempo.

No dia em que se perde uma grande mulher, há que relembrar que ser mulher é ser tanto quanto o homem quiser. Todos os dias, a fazer seja o que for, a travar batalhas com panos do pó ou com teclas de computador.

Há quem tenha lutado por um mundo melhor. Cabe-nos, a nós mulheres do século XXI, o dever e o direito de dar legitimidade ao que nós foi oferecido. A fazer seja o que for. Porque afinal, foi por isso que se lutou.

 

67453ba4c3d0c55c430506401710fa00.jpg

 

{Quando a Simone Vei ocupava o lugar de Presidente do Parlamento Europeu, a minha mãe teve a honra de a conhecer. Aquilo que mais a arrepiou foram os números tatuados no braço, uma lembrança constante dos campos de concentração aonde Simone Viel viu, de certo, o pior da raça humana. A meu ver, a lembrança diária que lutar pelo bem é um missão entregue aos que fazem da força interior o gestor do tempo.}

 

Como de costume podem sempre seguir as nossas aventuras no instagram e no facebook.