Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alfacinha

alfacinha

Um mês em fotografia (ou dois) - Setembro e Outubro

Setembro e Outubro já lá vão há muito e o Natal chega daqui menos de um mês , mas como o tempo se perde mais rápido do que se ganha ficam sempre coisas por fazer. No entanto, vamos sempre a tempo de recordar os melhores momentos e por isso é altura de passar em revista estes meses de um outono quente e tropical.
 
Foram meses de algum trabalho, de início de projectos e de assentar de ideias. Trabalhar a partir de casa é por vezes complicado, com um bebé de um ano e meio cada vez mais reguila e traquina. Há que acreditar que vale a pena e o tempo, é certo e sabido, passa rápido de mais para não aproveitar cada segundo com um sorriso nos lábios. Não ficam promessas de conseguir andar sempre de mão dada com ele, mas sim a de saborear cada segundo que nos oferece.
 
Vamos lá então dar uma vista de olhos a este início de Outono e receber o frio e a chuva com um bolinho e uma chávena de chá. 
 
 

FNTM1480.jpg

GQDE7039.jpg

LPKQ6202.jpg

KMXA7169.jpg

IHFG7423.jpg

DZJF5741.jpg

IATH4946.jpg

MCPP6932.jpg

MHPH7476.jpg

FKWR1665.jpg

IBUG6813.jpg

FDNU6322.jpg

SBFX7428.jpg

QHTS2944.jpg

LCID6781.jpg

IKTN3563.jpg

MUVG3509.jpg

CFQA3106.jpg

WPYZ6891.jpg

IMG_9911.JPG

SALK7177.jpg

IDUA3631.jpg

IMG_0026.JPG

XSTO7806.jpg

HNVU0417.jpg

SMJB2531.jpg

 

 Como de costume podem sempre seguir as nossas aventuras no instagram e no facebook. 

Peças em tricotin #1

Se nos últimos tempos tenho andado mais afasta deste querido blog, o motivo é me igualmente chegado ao coração. Na verdade, tenho andado concentrada em vários projectos ao mesmo tempo. Como não consigo chegar a tudo, este cantinho acaba por ficar (infelizmente) em segundo plano.

Dilemas à parte, um desses projectos é a criação de peças decorativas em tricotin. O tricotin consiste num cordão em tricot, podendo ser de algodão ou lã, em todas as cores do arco-íris. Depois é dar vida ao tricotin e transforma-lo nas mais variadas peças: animais, nomes, letras, motivos variados... A imaginação é o limite e as peças podem ser personalizadas. O objectivo é ir de encontro ao que o cliente procura, sendo sempre possível criar peças únicas e diferentes. Depois é só fixar à parede com preguinhos ou colocar num móvel ou estante.

Criar peças à mão é algo que amo fazer e transformar a alfacinha numa marca é um sonho antigo. Sendo o blog um reflexo do que sou, não fazia sentido andarem separados. Apresento-vos,por isso, mais um pouco deste projecto e algumas das peças em tricotin disponíveis para encomenda! Espero que gostem deste pedaço do meu mundo, aonde se escreve e se desenha tanto em linha como em lã.

Para verem todas as peças disponíveis basta consulta a página de facebook da alfacinha aqui.

 

 

RFQZ4047[1].jpg

MPZC5503[1].jpg

EDNB2399[1].jpg

DWAN2340[1].jpg

AIQQ3740[1].jpg

FHKL6513[1].jpg

XLYM3473[1].jpg

WGPB8295[1].jpg

OIRN1453[1].jpg 

JXCT8763[1].jpg

KCYW1855[1].jpg

ASCG9699[2].jpg

PNGX9769[1] (1).jpg

FPVC7187[1].jpg

 

 Como de costume podem sempre seguir as nossas aventuras no instagram e no facebook. 

 

 

Tricô bebé #3 - Cachecol Pompom D.I.Y

Depois de algum tempo sem publicar tutoriais de tricô, o tempo frio chama-me à razão e reacende a vontade de fazer malha. Não há nada melhor para fazer à noite, depois de adormecer o Manel e antes de dormir. O tricô é uma verdadeira terapia e parece que limpa a alma, sendo por isso perfeito para relaxar.

Para voltar às malhas, escolhi um projecto rápido e fácil, um cachecol para o Manel. Enquanto andava a vasculhar o pinterest à procura de inspiração, encontrei este tutorial e pareceu-me perfeito para (voltar) a abraçar o meu querido tricô. Não podia ter escolhido melhor! O cachecol é muito fácil de tricotar, sendo uma peça rápida e simples de executar, perfeita para nos apaziguar a alma durante umas horas. O resultado final é um cachecol amoroso, óptimo e prático para aquecer os pescoços dos mais pequeninos.

Fiquei de tal forma entusiasmada que já comecei a pensar numa segunda versão em ponto de arroz. Para além disso, reacendeu o meu vício do tricô e já estou a fazer uma touca em ponto de areia que irei partilhar em breve!

Com o Natal à porta, estas peças feitas à mão são, a meu ver, a melhor forma de presentear as pessoas de quem gostamos. Uma peça feita por nós, à mão, com todo o amor e dedicação, é a melhor forma de dar. Fica por isso a primeira sugestão de oferta para o Natal. Um cachecol com pompons, para fazer e oferecer, seja aos nossos filhos, aos mais pequeninos da família ou a filhos de amigas! Espero que gostem, tanto como eu, deste projecto de tricô!

 

VLDN7148.jpg

LMYM2629.jpg

CBBP2263.jpg

RCAP2861.jpg

KZXT5210.jpg

Cachecol Pompom

Para um bebé de 18/24 meses

 

Materiais/Aviamentos:

 

- 2 novelos de lã para agulhas de 4 mm ( 100 gramas)

- Agulhas de 4 mm

- Agulha para coser lã

- Fazedor de pompons (opcional)

 

Pequenos truques e astúcias:

 

-Ler sempre as explicações todas até ao fim antes de começar o trabalho.

-As voltas par equivalem ao lado do verso das peças no tricô, sendo que as voltas ímpares equivalem ao lado do direito.

-No ponto de jarreteira ( todas as malhas são tricotadas em meia, tanto nas voltas pares como ímpares) , podemos observar pequenas "ondinhas", cada "ondinha" equivale a duas voltas, sendo que eu conto sempre as voltas do lado do direito do trabalho. No entanto, podem sempre utilizar um conta-voltas para vos facilitar o trabalho.

-O ponto de jarreteira também é conhecido como ponto mousse, sendo que em inglês se chama "garter stitch" e em francês "point mousse".

 

Como fazer:

 

a) Montar 6 malhas.

 

b) Comece a primeira volta do trabalho com um aumento na primeira malha. Para tal, tricote duas vezes esta malha, se for necessário visualize este vídeo explicativo da Filipa Carneiro. Tricote em meia até ao final da volta.

 

c) Na segunda volta do trabalho realize o mesmo aumento na primeira malha da mesma. Tricote em ponto meia até ao final da volta. Repita estes aumentos laterais até ter 24 pontos na agulha.

 

d) Tricote em ponto meia até a peça medir aproximadamente 107 cm ( se desejar pode tricotar uma peça mais longa ou mais curta, de acordo com o tamanho da criança ) .

 

e) Para dar forma à outra ponta do cachecol, faça diminuições de forma a ficar de novo com 6 pontos na agulha. Para tal, tricote a primeira malha ( numa volta ímpar, ou seja, do direito) e tricote as duas seguintes malhas juntas.Esta é uma diminuição simples, caso a queira consultar sugiro que visualize este vídeo da Filipa Carneiro. Repita o mesmo passo nas voltas seguintes até ficar com seis pontos na agulha. Acabe a peça rematando estas seis malhas.

 

d) Faça dois pompons médios (pode utilizar um fazedor de pompons ou esta técnica) e cosa-os às pontas do cachecol.

 

O cachecol está pronto a ser utilizado! 

 

 Como de costume podem sempre seguir as nossas aventuras no instagram e no facebook.