Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

alfacinha

alfacinha

Sapatinhos em tecido para bebé- DIY

Quem é que não gosta de sapatinhos pequeninos? Eu acho que ninguém. É claro que é uma peça que serve mais de "decoração" do que de outra coisa, mas a verdade é que compõe logo a "toilette" dos mais pequeninos! O mais importante é que não magoem o bebé e que não sejam muito caros, porque obviamente não os vão utilizar muito tempo. No entanto, com um pouco de tecido e tempo conseguem fazer os pares que quiserem com este tutorial. Aquilo que notei em muitos modelos que vi à venda, sobretudo os de tecido, era o facto de não serem muito maleáveis, no entanto, estes são bastante "molinhos", mas sem perderem a forma. Aqui vai mais um tutorial, desta vez com direito a molde (tenham em atenção as propriedades da impressora quando imprimirem: devem imprimir em tamanho real ou "actual size" em inglês de forma a obter o tamanho correcto).

 

 

DSC_1059.JPG

 

 

 

Para um par de sapatinhos do tamanho 0/3 meses

 

Materiais/Aviamentos:

-Pedaço de tecido para o exterior

-Pedaço de tecido para o interior

-Cordão de algodão 

-Entretela termo colante de espessura fina

-Materiais de costura básicos: tesoura, giz de alfaiate ou caneta hidrossolúvel, alfinetes, linhas, máquina de costura...

-Molde sapatinho de bebé

 

Descarregar Molde Sapatinho

 

Como fazer:

 

a)Imprimir o molde dos sapatinhos. Ter em atenção a escala de impressão seleccionada (ver nas propriedades da impressão- o tamanho deve ser o tamanho real do documento ou em inglês "actual size")

b)Recortar o molde. Com o ferro de engomar sem vapor, colar a entretela ao tecido escolhido para o exterior do sapatinho (a parte rugosa da entretela deve ficar voltada para o lado do avesso do tecido).

DSC_1004.JPG

 

 

c)Transferir o molde para o tecido previamente preparado, tendo em conta que deve ser adicionado o valor para as costuras à volta do contorno de cada uma das partes do molde (cerca de 0,5 cm). 

Transferir: 

2X sola sapatinho

2X pala sapatinho

2X calcanhar sapatinho

 

 

Transferir da mesma forma o molde para o tecido escolhido para o interior.

DSC_1007.JPG

DSC_1019.JPG

 

d)Cortar as peças transferidas, tanto do tecido exterior como do tecido interior.

DSC_1012.JPG

 

 

e)Coser direito com direito, deixando uma abertura para virar:

-a sola do sapatinho, juntando a peça do tecido exterior à do tecido interior

-a pala do sapatinho, juntando a peça do tecido exterior à do tecido interior

-o calcanhar do sapatinho, juntando a peça do tecido exterior à do tecido interior

 

Virar as peças para o lado do direito e passar a ferro. Fechar a abertura com uma costura à mão invisível.

Repetir o processo para o outro sapatinho.

DSC_1027.JPG

 

 

f)Coser à mão a pala do sapatinho à sola, com uma costura invisível. Para que a pala fique centrada com a sola, recomendo marcar o centro de cada uma das partes e coser ambas do centro para cada um dos lados.

DSC_1031.JPG

DSC_1040.JPG

DSC_1041.JPG

 

 

g)Coser o calcanhar do sapatinho à sola, utilizando a mesma técnica descrita no ponto "f". Sobrepor as laterais do calcanhar do sapatinho à pala do mesmo e unir ambas com três pequenos pontos invisíveis.

DSC_1047.JPG

DSC_1050.JPG

 

i)Marcar as casas para passar o cordão para apertar o sapatinho. Fazer as casas, abrir as mesmas e passar o cordão de algodão de forma a apertar o sapatinho. Dar um nó em cada extremidade do cordão de forma a evitar que o mesmo se desfie.

DSC_1054.JPG

Tricô #1 - Colete para bebé D.I.Y

O projecto que partilho hoje é um colete em tricô para bebé, óptimo para quem se estreou há pouco tempo nas lides do tricô. Já andava para experimentar este tutorial da phildar há algum tempo, assim que vi que a DMC tinha lançado uma nova linha de algodão de espessura média soube que tinha de avançar! Para mim a DMC, sobretudo em termos de cores, tem as linhas e as lãs mais giras e fáceis de trabalhar. Os preços dos novelos andam na casa dos 3,50 € (50 gramas), sendo que quanto mais fina a espessura da linha ou da lã mais rende o novelo. Para um colete de bebé (tamanho 3 meses) utilizei 2 novelos da nova gama medium, com agulhas de 5mm. No entanto, podem utilizar a marca que quiserem, apenas falo desta porque foi a que utilizei e gostei imenso do trabalho. A "receita" original deste colete é da phildar (marca francesa de lãs e fios de tricô) e encontrei-a no site deles em francês, pelo que se quiserem podem lá passar e dar uma vista de olhos ( têm imensos tutoriais grátis ). Para quem não percebe francês ou prefere tutoriais em português fica por agora este à vossa disposição, espero que gostem!

 

DSC_0996.JPG

 

 

 

Pequenos truques e astúcias:

-A forma de cada pessoa tricotar, pode fazer variar os tamanhos das peças, para tal sugiro que façam uma amostra antes de começarem o trabalho. Uma amostra de 16 malhas por 29 voltas deve resultar num quadrado de 10X10 cm (tricotar sempre as malhas em meia). Caso obtenham um quadrado menor aumentem o número das agulhas, caso obtenham um quadrado maior diminuam o número das agulhas utilizadas.

-Ler sempre as explicações todas até ao fim antes de começar o trabalho.

-As voltas par equivalem ao lado do verso das peças no tricô, sendo que as voltas ímpares equivalem ao lado do direito.

-No ponto de jarreteira ( todas as malhas são tricotadas em meia, tanto nas voltas pares como ímpares) , podemos observar pequenas "ondinhas", cada "ondinha" equivale a duas voltas, sendo que eu conto sempre as voltas do lado do direito do trabalho. No entanto, podem sempre utilizar um conta-voltas para vos facilitar o trabalho.

-O ponto de jarreteira também é conhecido como ponto mousse, sendo que em inglês se chama "garter stitch" e em francês "point mousse".

 

DSC_0986.JPG

 

 

 

Materiais/Aviamentos:

- 2 novelos para agulhas 5mm (tamanhos 3 Meses e 6 Meses) ; 3 novelos para agulhas 5mm (tamanho 12/18 Meses)

- Agulhas 5mm

-2 botões 

-Agulha de crochet 5mm

-Agulha auxiliar 

 

Como fazer:

 

As indicações para os tamanhos 6 Meses e 12/18 encontram-se entre parênteses.

 

Costas:

 

a) Montar 40 (42,48) malhas, tricotar em ponto jarreteira (fazer todas as voltas em ponto de meia).

b) A 14 (16,18,5) cm ,numa volta ímpar,"matar" as primeiras 6 malhas e acabar a volta normalmente.

c) Na volta seguinte (volta par) matar as primeiras 6 malhas e terminar a volta normalmente.

    Ficam na agulha as 28 (30,36) malhas centrais, continuar a tricotar em ponto jarreteira.

d) A 23 (26,30) cm de altura total, numa volta ímpar, tricotar as 7 (7,9) primeiras malhas e colocar as mesmas em espera numa agulha auxiliar. "Matar" as 14 (16,18) malhas centrais e continuar a tricotar as 7 (7,9) malhas restantes durante 2 cm. "Matar" as malhas restantes, terminando dessa forma o ombro esquerdo do colete.

e) Repor as 7 (7,9) malhas colocadas em espera na agulha e tricotar as mesmas durante 2 cm. "Matar" as malhas, terminando desta maneira o ombro direito do colete.

 

Frente:

 

f) Montar 40 (42,48) malhas, tricotar em ponto jarreteira (fazer todas as voltas em ponto de meia).

g) A 14 (16,18,5) cm ,numa volta ímpar,"matar" as primeiras 6 malhas e acabar a volta normalmente.

h) Na volta seguinte (volta par) matar as primeiras 6 malhas e terminar a volta normalmente.

    Ficam na agulha as 28 (30,36) malhas centrais, continuar a tricotar em ponto jarreteira.

i) A 16 (19,22) cm de altura total, numa volta ímpar, tricotar as 14 (15,18) primeiras malhas e colocar as mesmas em espera numa agulha auxiliar. Continuar a tricotar as 14 (15,18) malhas seguintes

j) A 21 (24,27) cm de altura total, numa volta ímpar, "matar" as primeiras 7 (8,9) malhas e continuar a trabalhar as 7 (7,9) malhas restantes durante 4 (4,5) cm. "Matar" as malhas restantes, terminando dessa forma o ombro esquerdo do colete.

k) Repor as 14 (15,18) malhas deixadas em espera na agulha e tricotar em ponto jarreteira durante 5 cm.

l) Estando com o trabalho do lado do verso (volta par), "matar" as primeiras 7 (8,9) malhas (formando assim o decote) e acabar a carreira.

m) Tricotar as 7 (7,9) malhas restantes durante 4 (4,5) cm. "Matar" as malhas restantes, terminando dessa forma o ombro direito do colete.

 

DSC_0993.JPG

 

Montagem do Colete:

 

a) Coser a parte das costas à parte da frente do colete, unindo os ombros e ambos os lados.

b) Rematar os fios das costuras.

c) De um dos lados da racha do decote coser os botões escolhidos.Com a agulha de crochet fazer uma corrente simples para servir de "fita" para prender os botões. Formar uma argolinha com a corrente e coser do lado oposto da racha.

 

DSC_0998.JPG

 

 

 

 

Cabide de Bebé Forrado DIY

Quem é que não adora abrir um roupeiro e ver tudo organizado e bonito? Eu sei que adoro porque é a forma como muitas vezes começamos o dia que define o seu decorrer. Posto isto, acredito que a estética pode influenciar a forma como encaramos a vida, por isso é que para mim os detalhes têm importância! Muitas vezes estes pequenos detalhes pagam-se, é verdade que às vezes o mais bonito é um pouco mais caro (outras vezes nem por isso!), mas existem formas de contornar os preços destes pequenos "luxos". Podemos sempre adquirir estas peças nos saldos, mas eu gosto de pôr as mãos na massa e além disso desta forma podemos fazer ao nosso gosto (e não gastar quase nada!). Estes cabides são óptimos para peças mais delicadas, como peças delicadas de bebé ou de senhora. Aqueles que vi na Zara Home custam cerca de 10 € (pack de três), aqueles que eu fiz praticamente ficaram-me de borla, porque os cabides vieram da H&M de criança (quando comprarem peças de criança perguntem se podem ficar com os cabides,por acaso a mim perguntaram-me) e tanto o tecido como a manta acrílica são pequenas quantidades, pelo que podem utilizar retalhos que tenham em casa. No que diz respeito ao tutorial em si é super fácil, mesmo se não tiverem máquina de costura podem fazer, desde que saibam costurar à mão. 

DSC_0975.JPG

 

 

Aviamentos / Materiais : 

-Cabide básico 

-Pedaço de manta acrílica

-Pedaço de tecido ( bordado inglês, piquê, fustão...)

-Fita de cetim ou de gorgurão 

-Cola para tecidos (não é obrigatório)

-Materiais de costura básicos: tesoura, giz de alfaiate ou caneta hidrossolúvel, alfinetes, linhas, máquina de costura...

 

Como fazer:

 

a)Envolver o cabide num pedaço de manta acrílica. Alinhavar a parte de baixo do cabide, de forma a fixar a manta acrílica ao cabide. Repetir o processo mais uma vez.

DSC_0952.JPG

 

b)Envolver o gancho do cabide com a fita de cetim- começar por dar um pequeno nó na base e enrolar a fita de cetim ao gancho de baixo para cima, quando chegar à ponta do gancho fixar a fita com um pontinho na parte traseira do cabide ou com uma pontinha de cola para tecidos.Cortar a fita de cetim com uma pequena folga, dobrar a ponta e fixar da mesma forma (sempre no verso do cabide).

DSC_0967.JPG

DSC_0954.JPG

 

 

 

c) Traçar o contorno do cabide numa folha, de forma a obter o molde para a forra de tecido.

DSC_0971.JPG

d) Recortar o molde e transferir para o tecido, não esquecer de acrescentar os valores de costura à volta de todo o contorno do molde. Cortar duas peças para a forra do cabide.

e) Com as peças juntas (direito com direito), coser o contorno da capa tendo em conta que deve ser deixada uma abertura para o gancho do cabide e que a parte de baixo deve ficar totalmente aberta para se poder "vestir" o cabide. Sugiro que se guiem pelas marcações dos alfinetes na fotografia.

DSC_0980.JPG

 

e) Aparar o excedente dos valores de costura- excepto na abertura deixada para vestir o cabide ( deixar mais ou menos 0,5 cm).Virar a capa para o lado direito e passar a ferro.

f) Vestir a forra ao cabide e fechar as aberturas com uma costura invisível.

g)Decorar com um laço de cetim na base do gancho do cabide.

DSC_0978.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Personalizar Fraldas de bebé DIY

Os projectos que tenho vindo a partilhar são essenciais para o bebé, assim como relativamente fáceis de executar. No futuro, vou partilhar moldes tanto de roupa para bebé como de adulto, assim como as explicações dos mesmos. Contudo, penso que estes projectos mais simples dão sempre jeito, porque são coisas em que se gasta sempre uma pequena fortuna (parecendo que não)! Para terem noção uma fralda dupla de algodão lisa custa aproximadamente 2,50€, no Ikea podem comprar duas a 4 €, sendo que uma não é lisa. Ao preço da fralda acresce claro o preço da fita de viés,de um pedaço de tecido ou de uma linha de bordar, mas acaba sempre por ficar mais barato do que comprar feitas! Para além disso é feito por nós, para os nosso bebés ou para oferecer a alguém de quem gostamos! Podem optar por uma fralda mais simples (eu pessoalmente gosto mais) ou algo mais elaborado. 

DSC_0950.JPG

 

Aviamentos/Materiais:

-Fralda dupla de algodão

-Fita de viés (3 metros)

-Retalho de tecido (para o modelo 2)

-Entretela adesiva (teclabel)- (para o modelo 2)

-Materiais de costura básicos: tesoura, giz de alfaiate ou caneta hidrossolúvel, alfinetes, linhas, máquina de costura...

 

Modelo 1:

 

Como fazer:

 

Preparar a fralda:

 

a)Com a ajuda de um prato ou de uma superfície redonda, arredondar os quatro cantos da fralda.

b)Para que seja mais fácil aplicar o viés, recomendo recortar o rebordo à volta da fralda caso este seja muito alto.

DSC_0923.JPG

 

Como coser o viés:

 

a) Abrir a fita de viés e sobrepor o direito da mesma ao avesso do contorno da fralda. Fixar com alfinetes ou alinhavar ao contorno de toda a peça. Para obter um acabamento perfeito dobrar a ponta do viés para dentro antes de a fixar. Coser a fita de viés usando como guia o vinco da mesma.

DSC_0926.JPG

DSC_0929.JPG

DSC_0930.JPG

 

 

 

b) Com a ajuda do ferro de engomar, virar a fita para o direito do tecido, prender com alfinetes ou alinhavar e finalmente pespontar pelo direito. Verificar a costura do lado do avesso.

 

 

DSC_0933.JPG

DSC_0936.JPG

 

 

 Modelo 2:

 

( Caso desejem podem combinar os dois modelos, ou seja, debruar a fralda e fazer o aplique de tecido.Pessoalmente prefiro modelos mais clean e por isso escolhi fazer em separado.)

DSC_0967.JPG

 

Como fazer:

 

a) Imprimir e recortar um "template" de uma imagem a gosto, para tal basta irem ao google e procurar ( por exemplo: "coelho template", "cavalo marinho template", "coroa template", até mesmo letras). Caso tenham jeito também podem desenhar vocês a imagem.

DSC_0952.JPG

 

b) Com o ferro de engomar sem vapor, colar o lado enrugado da entretela ao avesso do tecido, para tal passar o ferro por cima da entretela durante cerca de 10 segundos. O lado liso da entretela deve ficar virado para cima.

DSC_0954.JPG

 

c) Com uma caneta hidrossolúvel ou até mesmo com um lápis transferir a imagem para o tecido previamente preparado. Recortar o contorno da imagem.

DSC_0955.JPGDSC_0956.JPG

 

 

 

d) Retirar a película que fica do lado avesso do tecido, basicamente como se fosse uma etiqueta, e colar a um dos cantos da fralda.

DSC_0958.JPG

 

e) Com um ponto de zig-zag à máquina (estreito e com uma largura de ponto pequena-como se fosse para fazer casas de botão) ou com um ponto caseado à mão fazer o contorno do aplique.

DSC_0963.JPG

 

 

 

 

 

 

 

Essenciais para bebé- Toalha com capuz DIY

DSC_0943.JPG

 

O primeiro projecto que decidi partilhar é um essencial para qualquer bebé, uma toalha com capuz. As toalhas deste género mais baratas que encontrei foi no ikea (8 euros), no entanto não eram muito ao meu gosto. Para além disso é um projecto relativamente fácil/rápido e comprando os materiais acaba por ficar mais barato ou a um preço simpático. Um metro de tecido dá para duas toalhas ( visto que cada uma tem 80 cm de lado, sendo que devem ter atenção à largura do turco que compram). O modelo 1 é menos dispendioso que o modelo 2, visto que para o modelo 2 é necessário tecido extra para um dos lados da toalha, no entanto, podem sempre optar por um tecido de algodão mais baratinho ou aproveitar uma promoção! Os modelos que vos deixo são modelos básicos, podem utilizar a vossa imaginação para os tornar mais a vosso gosto. 

DSC_0941.JPG

 

 

Modelo 1

 

Aviamentos/Materiais:

-1 metro de tecido turco de espessura média/fina

-3,50 metros de viés

-30 cm de tecido para o exterior do capuz

- Materiais de costura básicos: tesoura, giz de alfaiate ou caneta hidrossolúvel, alfinetes, linhas, máquina de costura...

 

Modelo 2

 

DSC_0937.JPG

 

Aviamentos/Materiais:

-1 metro de tecido turco de espessura média/fina

-1 metro de tecido 

-50 cm de grega ou outra fita decorativa

-Materiais de costura básicos: tesoura, giz de alfaiate ou caneta hidrossolúvel, alfinetes, linhas, máquina de costura...

 

Como fazer:

 

Modelo 1

 

a) Cortar um quadrado de 80 cm X 80 cm de tecido turco e outro igual de tecido de algodão, assim como um triângulo rectângulo com dois lados de 30 cm de tecido turco e outro igual de tecido de algodão;

b) Arredondar os cantos dos quadrados ( corpo da toalha) e de ambos os triângulos (capuz);

c) Sobrepor o triângulo de tecido de algodão ao de tecido turco, com a frente do tecido de algodão virada para cima;

d) Aplicar o viés no lado recto do capuz, costurando desta forma os dois triângulos um ao outro;

e) Coincidir o capuz com um dos cantos da toalha e fixar à mesma (alfinetar,alinhavar ou fazer uma costura à beirinha);

f) Aplicar o viés à volta de toda a toalha.

 

Modelo 2

 

a) Cortar um quadrado de 80 cm X 80 cm de tecido turco e outro igual de tecido de algodão, assim como um triângulo rectângulo com dois lados de 30 cm de tecido turco e outro igual de tecido de algodão;

b) Arredondar o canto do quadrado ( corpo da toalha) e do triângulo (capuz), tanto do tecido turco como do de algodão;

c) Aplicar a grega no lado recto do capuz de tecido ;

d) Unir o capuz de tecido ao capuz de turco pelo lado recto do mesmo, fazendo coincidir as frentes de ambos. Utilizar a linha de costura da grega como referência. Voltar o trabalho para o lado direito e fazer um pesponto no lado recto do capuz;

e) Coincidir o capuz com um dos cantos do corpo da toalha turca e fixar à mesma (alfinetar,alinhavar ou fazer uma costura à beirinha);

f) Coser o corpo da toalha em tecido ao corpo da toalha em turco (frente com frente), deixando uma abertura de cerca de 15 cm para virar o trabalho para o lado do direito;

g) Pespontar ao redor do corpo de toda a toalha, fechando desta forma a abertura deixada para dar a volta ao trabalho.

 

Notas Importantes:

-Para arredondar os cantos do corpo da toalha e do capuz aconselho utilizarem um prato ou uma superfície redonda;

-Aplicar viés pode ser um pesadelo e podem aplicar de várias formas. A forma mais fácil, parece-me ser dobrar o viés ao meio, no sentido longitudinal, passar a ferro e alinhavar à volta de toda a toalha, antes de coserem à maquina. No entanto, se preferirem o método tradicional de aplicação de viés também o podem fazer, caso não saibam aplicar viés noyoutube há imensos vídeos explicativos! 

DSC_0919.JPG